O Dono da festa

Em alguns países se vem procurando resgatar o sentido do Natal com a exposição pública de presépios. O natal (com “n” minúsculo) do consumo aquecido, das promoções e sorteios, das lendas de papai Noel (ou Grinch) etc., não faz sentido por si mesmo: um período em que necessariamente se “deve” comprar presentes, comer comidas diferentes, espalhar na [&hellip

Por que um apostolado do presépio?

Tudo começou vinte dias antes do Natal de 2011, quando eu pedia a Deus que me inspirasse uma maneira de evangelizar as famílias. Muitos de nossas casas não têm qualquer intimidade com Deus a não ser as formalidades básicas da fé. Como introduzi-las numa maior profundidade dos assuntos da religião, sem que isso lhes seja agressivo? [&hellip