Sem categoria

Cristo Rei do Universo

Com a Solenidade de Cristo Rei, encerra-se o Ano Litúrgico da Igreja! Esta comemoração foi introduzida pelo Papa Pio XI para buscar remediar os erros do liberalismo e do laicismo no século XVII, que levaram as sociedades a se organizar como se Deus não existisse, passando a depender então do Estado – que ocupou o lugar de Deus, trazendo frutos de egoísmo e orgulho, o ódio entre classes, a rivalidade entre nações e a desagregação das famílias.

Fazemos reparação a Deus por esta rebeldia contra Ele, reconhecendo Jesus como o único Rei de nosso coração, de nossa vontade e de nossa mente, consagrando-nos totalmente a Ele.

Esta consagração (também disponível para download, abaixo deste artigo) pode ser feita em um momento familiar que começará a preparar nosso espírito para o Advento: o Menino Jesus que vem no Natal é verdadeiramente o Rei do Universo!

 

Ato de consagração a Jesus Cristo Rei

(rezar na Solenidade de Cristo Rei)

Ó dulcíssimo Jesus, Redentor do gênero humano, lançai sobre nós, humildemente prostrados na Vossa presença, o Vosso olhar. Nós somos e queremos ser Vossos. E a fim de podermos viver mais intimamente unidos a Vós, cada um de nós se consagra, espontaneamente, neste dia, ao Vosso Sacratíssimo Coração.

Muitos há que nunca Vos conheceram; muitos, desprezando Vossos mandamentos, Vos renegaram. Benigníssimo Jesus, tende piedade de uns e de outros e trazei-os todos ao Vosso Sagrado Coração.

Senhor, sede Rei não somente dos fiéis que nunca de Vós se afastaram, mas também dos filhos pródigos que Vos abandonaram; fazei que estes retornem quanto antes à casa paterna, para não perecerem de miséria e de fome.

Sede Rei dos que vivem iludidos no erro ou separados de Vós pela discórdia; trazei-os ao porto da verdade e à unidade da fé, a fim de que em breve haja um só rebanho e um só Pastor.

Senhor, conservai incólume a Vossa Igreja e dai-lhe uma liberdade segura e sem peias; concedei ordem e paz a todos os povos; fazei que de um pólo a outro do mundo ressoe uma só voz: louvado seja o Coração divino que nos trouxe a salvação, honra e glória a Ele por todos os séculos. Amém.

 

(Concede-se indulgência parcial ao fiel cristão que reze piedosamente este ato de consagração do gênero humano a Jesus Cristo Rei. A indulgência será plenária se este ato for rezado publicamente na solenidade de Cristo Rei.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *