Sem categoria

A Luz de Cristo expressa pela Árvore de Natal

A árvore de Natal, que já a partir desta noite vai brilhar em todo o seu esplendor na Praça de São Pedro, ao lado do presépio (a inaugurar a 24 de Dezembro), evoca aquela “grande luz” que os povos aguardavam e que se manifestou no nascimento de Jesus. Consideração feita pelo Santo Padre, ao receber ao fim da manhã uma numerosa delegação da localidade de Pescopennataro, distrito de Isérnia, região de Molise, no centro sul de Itália, de onde provém este ano o pinheiro branco, de 24 metros, entretanto adornado, pelo pessoal do Vaticano, com lâmpadas brancas e douradas.

Este dom feito ao Papa e à Sé Apostólica – observou o Papa, bem exprime a fé e a religiosidade da gente destas terras, que através dos séculos soube conservar um importante tesouro espiritual expresso na cultura, na arte e nas tradições locais”.

“É tarefa de todos vós e dos vossos conterrâneos tirar constantemente partido deste patrimônio, incrementando-o, para poder enfrentar as novas urgências sociais e os desafios culturais de hoje, no sulco da consolidada e fecunda fidelidade ao Cristianismo”.

Fazendo desde já votos de um santo Natal, Bento XVI evocou o célebre oráculo do profeta Isaías: “ao povo que caminhava nas trevas, apareceu uma grande luz”: “Esta luz altíssima, de que a árvore de Natal é sinal e apelo, não só não sofreu algum abaixamento de tensão, com o passar dos séculos e milênios, mas continua a resplandecer sobre nós e a iluminar cada homem que vem ao mundo, especialmente quando devemos atravessar momentos de incerteza e dificuldades. O próprio Jesus dirá de si: ‘Eu sou a luz do mundo; quem me segue, não caminha nas trevas, mas terá a luz da vida’.”

Fonte: News.va

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *